São Luís, Maranhão: a cidade dos azulejos

São Luís, cidade patrimônio da humanidade, cidade dos azulejos, cidade do guaraná Jesus, do Bumba Meu Boi e tambor de crioula… A verdade que com todas essas classificações, a capital do Maranhão está um pouco precária e em péssimas condições de infraestrutura. É gritante o abandono dos casarões coloniais dos séculos XIX e XX. Antes de ir para São Luís, já sabia dessas questões de abandono lendo sobre a cidade e conversando com outros amigos blogueiros que já a conheceu. Até pensei que exageravam, mas eles tinham toda a razão.
É, a terra da família Sarney carece de cuidados, e foi num papo sobre política com uma senhora no hotel que ela resumiu a cidade numa linda metáfora: “São Luís é uma linda mulher, mas mal cuidada”. Políticas públicas a parte, bora falar do que a cidade tem. Encontrei Jesus! Pela primeira vez tomei o tão famoso refrigerante rosa, guaraná Jesus.
refregirante jesus

Guaraná Jesus

Tínhamos apenas dois dias para conhecer a capital, o que é um bom tempo em si, mas recomendo ficar mais dias para conhecer os seus arredores, como a cidade de Alcântara, Raposa e São José de Ribamar e aprender mais sobre a rica história dos arredores. Ah, recomendo visitar o centro histórico entre segunda-feira e sábado, dias com mais movimento e, se puder ir no mês de junho, melhor ainda, pois é a época das festas juninas e quando os Lençóis Maranhenses, em Barreirinhas, já estão com o volume de água bem cheios.
Nesses dois dias, utilizamos somente o transporte público e andamos bastante pela cidade, inclusive, à noite, o que não é recomendado, pois todos alertam o perigo. Mas ocorreu tudo bem, tanto em nossa saída durante sábado à noite, quanto no domingo deserto, em nossas andanças pelo centro histórico. Perigo mesmo, foi numa sexta-feira, horário de pico, ás 17h50, quando estávamos saindo do supermercado Bom Preço, próximo a  Praça Deodoro e vimos um assalto em um ônibus. Enfim, normal, assaltos assim acontecem todos os dias nas grandes cidades, mas em horário de pico e em lugar movimentado que não é muito normal.
sao luis perigoso

Faixa em um prédio do centro histórico

Deixando a insegurança e violência de lado, fizemos um ótimo city tour por São Luís com a agência de viagens, Taguatur Turismo e Eventos, com o guia Leônidas, excelente por sinal, super simpático e com grandes conhecimentosO tour foi no sábado das 8h da manhã às 13h. O passeio iniciou-se com a van da agência nos buscando no hotel, assim como buscou outros turistas. Feito isso, começamos o tour pela parte moderna da cidade. Mas, infelizmente, nas primeiras horas chovia intensamente  o que nos impossibilitou de descer da van para ver melhor os lugares e também para tirar fotos.
Nossa primeira parada foi na Praia de São Marcos.
ponta da areia

Praia de São Marcos – “Pescadores”

Também passamos pela Praia do Meio, Praia do Calhau e Praia Ponta da Areia pela Avenida Litorânea. Tivemos a informação impressionante do deslocamento da maré que pode chegar a 400 metros (uma das maiores variações do mundo). Isso porque São Luís está numa área próxima a linha do Equador e todo esse deslocamento atrapalha a navegação de ir, por exemplo, para a cidade de Alcântara, que tem horários mutáveis para a embarcação sair, de acordo com a maré. Mas em breve (previsão final de 2013), terá um espigão de areia, possibilitando os barcos não ficarem encalhados e com mais horários para a travessia.
Seguimos pelo passeio passando pelos bairros São Francisco, Renascença até chegar a Lagoa da Jansen, onde está localizado um bairro com muitos prédios residencias e comerciais e também há bastante vida noturna com bares, boates e restaurantes.
lagoa da jansen noite

Lagoa da Jansen

Ainda chovia muito na hora e a única forma de bater fotos era de dentro da van. Bom, continuamos o tour até a Igreja dos Remédios já no centro histórico. A igreja é de 1721 e tem estilo gótico, está localizada em frente a Praça Gonçalves Dias, também conhecida como Praça dos Amores e Largo dos Amores, pelo fato de está sempre cheia de casais no fim da tarde. Da praça se tem uma ampla visão da Praça Maria Aragão.
praca dos amores

Igreja dos Remédios / Praça Gonçalves Dias

praca bumba meu boi

Praça Maria Aragão

De lá, fomos ao Palácio dos Leões, onde funciona o governo do Maranhão e tem uma linda vista para a Baía de São Marcos e o Rio Anil, que dependendo da maré, pode estar com o volume de água cheio, médio ou vazio.
palacio do governo do maranhao

Palácio dos Leões

Rio para alcantara

Rio Anil

Na sequência, passamos pelo Palácio La Ravardière, prédio utilizado como a prefeitura da cidade e fomos até a Catedral de São Luís, conhecida também como Catedral de Nossa Senhora da Vitória.
igreja de sao luis

Catedral de São Luís / Catedral de Nossa Senhora da Vitória

De lá, seguimos nossa caminhada final pelo centro histórico e seus prédios azulejados…
Ladeiras de São Luis

Ladeiras no Centro Histórico de São Luís

sao luis azuleijos

São Luís: Cidade dos azulejos

Passamos por vários prédios importantes como o Teatro Arthur Azevedo, mas não entramos pois estava fechado; o prédio do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional; e a Defensoria Pública, situada na Rua Estrela.
defensoria publica do maranhao

Defensoria Pública

E é na Rua Estrela onde tem uma das entradas do Mercado Público (Feira da Praia Grande), parada obrigatória para tomar alguma coisa e adentrar no mercado para conhecer os produtos regionais como licores, castanhas, doces e outras especiarias. Já nas lojas ao lado de fora do mercado, há muito artesanato como azulejos pintados e artigos feitos em palha de buriti.
centro sao luis

Rua Estrela

mercado de sao luis

Mercado Público (Feira da Praia Grande)

A cidade de 400 anos, apesar de ter suas paredes cobertas com azulejos desgastados pelo tempo e pelo descaso, é um contagiante lugar, impressionante um povo tão animado. Tivemos duas noites muito divertidas, sentados em uma mesa de bar nesta Rua Estrela, enquanto observávamos o agito do local.
Rodrigo Nominato
 Curta o aventure-se.com no Facebook  | Siga no Twitter
Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em viagens e marcado , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para São Luís, Maranhão: a cidade dos azulejos

  1. Pingback: Como ir de ônibus ao Aeroporto de São Luís | aventure-se.com

  2. Silvio Vanucci disse:

    guarana o melhor refrigerante do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s