Passeio Gratuito no Rio de Janeiro: Parque Nacional da Tijuca

Parque Nacional da Tijuca é um excelente lugar para se fazer trilhas, como a que nós fizemos, a Trilha da Pedra Bonita. No parque há trilhas para todos os gostos e várias durações, inclusive, boa parte das pessoas fazem trilhas sem a necessidade de guia, além de ser um lugar muito agradável pra sentir as belezas de Deus mais perto. O Parque Nacional da Tijuca ou, simplesmente, Floresta da Tijuca, é uma das maiores florestas em área urbana do mundo. A história dela é interessante, pois a Floresta não é “natural”, foi reflorestada a mando de D. Pedro II a partir de 1861.
Parque Nacional Tijuca

Parque Nacional da Tijuca

Naquela época, perceberam como o desmatamento da região, causado pela extração de madeira e plantação de café, estava prejudicando o abastecimento de água potável da cidade. O trabalho de reflorestamento foi dado, inicialmente, à seis escravos, que plantaram cerca de 100.000 árvores em 13 anos. Apesar de ser uma floresta secundária, ela é importante na manutenção e preservação do ecossistema da Mata Atlântica brasileira.
estatua parque da tijuca

Estátua em homenagem aos escravos

O Parque é dividido em quatro setores: Floresta da Tijuca, Serra da Carioca, Pedra Bonita/Pedra da Gávea e Pretos Forros/Covanca. Para conhecer tudo, é necessários uns bons dias, inclusive, o Cristo Redentor também pertence ao Parque, assim com a Vista Chinesa, a Capela Mayrink, a Mesa do Imperador, a Cascatinha Taunay, etc.
Vista Chinesa tijuca

Vista Chinesa

Vista Chinesa parque da tijuca

Panorâmica da Vista Chinesa

Capela Mayrink na tijuca

Capela Mayrink

Além desses atrativos, é possível encontrar diversos mirantes pelo Parque (Paineiras, Mirante Dona Marta, Vista do Almirante); muitas trilhas como a da Pedra Bonita (693 m), do Pico do Papagaio (987 m), do Pico da Tijuca (1.021 m) e da Pedra da Gávea (844 m) que alcançam pontos mais altos com vistas belíssimas; e, também, grutas, cachoeiras, rios, lagos e espaços para se fazer um descanso ou um piquenique. Mas é importante lembrar, que qualquer tipo de detrito (lixo) deve ser jogado em local apropriado, ou voltar com a pessoa que levou e é expressamente proibido recolher qualquer tipo de espécie para não prejudicar o meio ambiente.
Mapa da floresta da Tijuca

Mapa do Parque da Tijuca

No Parque Nacional da Tijuca, há um programa especial de visitação para portadores de deficiência física, chamado: “Caminho Dom Pedro Augusto Adaptado”. O ponto de início do passeio é no Jardim dos Manacás, onde há um estacionamento, e percorrem 630 metros.
Cascatinha Taunay na tijuca

Cascatinha Taunay

Localização
trilhas da floresta da tijuca

Localização do Parque Nacional da Tijuca e seus setores

O Parque foi eleito pelo guia Lonely Planet o melhor lugar do mundo para caminhadas em área urbana. Na última edição do guia de viagens,  há uma lista com mil aventuras ao redor do mundo e um ranking dos melhores locais para cada modalidade. As trilhas da Tijuca ficaram à frente de lugares em Londres, na Inglaterra, Sidney, na Austrália, e Vancouver, no Canadá. 
Horário de funcionamento
08:00 às 17:00 ( e até às 18:00 durante o horário de verão)
Site do Parque Nacional da Tijuca: www.parquedatijuca.com.br

Se além de um bom passeio gratuito você busca 
hospedagem no Rio de Janeiro com bom custo e benefício, fica a dica de ver essas opções de acomodações no Hostelworld!
+ Outras opções de passeio gratuito no Rio de Janeiro:
 Parque do Flamengo
 
Museu da República
→ 
Escadaria Selarón
* Este post faz parte do projeto Passeio Gratuito e tem como parceiro a Hostelworld, site líder de reserva de hostel.
Rodrigo Nominato
 Curta o aventure-se.com no Facebook  | Siga no Twitter
Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em Informação, viagens e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Passeio Gratuito no Rio de Janeiro: Parque Nacional da Tijuca

  1. Oi, sou do site Na Tijuca e gostaria de parabenizar pelo post. Além de retratar muito bem o nosso querido Parque Nacional da Tijuca com lindas fotos, você fez um excelente trabalho de prestação de serviço trazendo todas essas informações.

    Obrigada por divulgar o “Caminho Dom Pedro Augusto Adaptado”. Muitos portadores de deficiência física deixam de visitar o parque por ainda achar que não há estrutura para eles.

    Mais uma vez, parabéns!

    Vivian Guinzani

  2. Muito Obrigado!
    Abraços, Rodrigo

  3. Isa disse:

    linda a foto panoramica =)
    não acredito que não conheço o rio de janeiro ainda.. eu chego la!

  4. Pingback: 5 Passeios gratuitos no Rio de Janeiro | aventure-se.com

  5. Mariano disse:

    Rodrigo gostei muito do seu post, sou Argentino faz tempo que nao vou para o Río, e ahora vou voltar mais con familia. Río é lindo até sin sol. E a Floresta que conheci e muito linda. Outubro 2016 vou estar la
    O brigado
    Mariano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s