A imensidão da Austrália, que roteiro seguir?

O que você lembra quando pensa na Austrália? Cangurus? Certamente você vai vê-los, mas a ilha da Oceania pode perfeitamente ser descrita como aquele lugar que de tudo de bom tem um pouco e, encarar longas horas em um voo, não é obstáculo para nenhum bom viajante. Não economize tempo, aqui você vai precisar passar algumas semanas para aproveitar bem!

sydney australia

Muitas opções para escolher
Não é mesmo tarefa fácil montar um roteiro na Austrália, há tantas opções que provavelmente alguma vai ter que ficar de fora. Pudera, um país com tamanho continental acaba usufruindo da variedade cultural e da natureza, assim como é o Brasil.  Por isso, vale muito o turista destacar o que realmente quer ver e fazer, mas certamente Sidney e Melbourne devem entrar na lista.
Conhecendo Sidney
Apesar de não ser sua capital, a cidade de Sidney leva muita fama. Imensa geograficamente tem também um número grande de imigrantes e bairros com nacionalidades específicas, como no caso dos brasileiros estarem em grande quantidade no Bondi e Manly.
É uma cidade cheia de vida, talvez a Opera House é a imagem que mais a representa, foram 14 anos para terminar a sua construção. Observá-la ao longe sentado em um bar ou restaurante em Sydney Cove, pequena baía onde fica o Porto Jackson e a Circular Quay, resulta em uma atmosfera bem agradável, principalmente à noite quando ela fica iluminada.

sidinei australia

Símbolo da cidade – a Opera House
Para conhecer a Opera House dentro, ou você assiste a algum espetáculo em cartaz, ou você faz a visita guiada para percorrer as suas dependências. Ao lado vale uma visita ao Botanic Garden, é de graça.
Sidney também serve como porta de entrada para o país, sendo geralmente a primeira cidade visitada por turistas. Modernidade e um pouco da arquitetura inglesa convivem nas ruas da cidade.
Próximo ao Museu de Arte Contemporânea fica a Circular Quay, é lá de onde saem as balsas que levam locais para bairros mais afastados, você pode ir de balsa para visitar algumas praias mais distantes também. A vista que você terá da Harbour Bridge é excelente, a ponte liga o sul e o norte da cidade.  Próximo ao Quay há diversos restaurantes para uma pausa durante o dia ou noite.
Visão de pássaro
Para você ter uma visão de 360° nas alturas, vá até a Sidney Tower, é interessante comprar os ingressos com descontes pela internet, são 250 metros de altura bem no centro da cidade. Se você ainda acha pouco então suba mais 18 metros e tenha acesso a Skywalk. Trata-se de uma passarela aberta, o passeio é guiado e é colocada toda proteção de segurança necessária no visitante.
Vamos ver os cangurus?
Uma visita ao zoológico da cidade é uma oportunidade para conhecer a fauna e flora do país, não faltam os cangurus, demônios-da-tasmânia, coalas, ornitorrincos. Taronga é o principal zoológico, é possível fazer a visita noturna também.
Deixando Sidney e viajando somente duas horas, você tem oportunidade de conhecer a Blue Montains, reserva com rica flora e rochas de vários formatos, no local há hospedagem e muitas vilas, uma ótima pedida para ver curiosidades e muita natureza.
O toque europeu na Austrália
A segunda maior cidade australiana é Melbourne, considerada a cidade mais europeia do país, tem uma mistura de moda, arquitetura vitoriana e muita badalação, inclua ainda as praias.
Gaste uma tarde visitando a Federation Square, uma área com galerias de artes, centro de convenções e outros espaços para eventos e negócios. A arquitetura da catedral de São Paulo se destaca dentro do moderno plano de construção da Federation Square. Para quem quer fazer compras siga para a Collins Street.
Em Melbourne você encontra também pubs para todos os gostos e restaurantes de várias nacionalidades.
Surf, esportes radicais e outras pedidas para quem quer aventura
Se você busca experiências radicais, a Austrália tem o que você procura, busque informações sobre a região costeira do país, há muito o que explorar. Uma dica imperdível é Grande Barreira de Corais, um mergulho nesta área vai proporcionar uma visão da exuberante riqueza marinha.
Mais longe, para dentro do continente, passeie na Outback e veja a paisagem vermelha do interior do país.
Aliás, a Austrália é tão imensa que cada roteiro é único, usufrua do seu! Lembre-se da segurança de ter seu seguro de viagem internacional. Brasileiros precisam de vistos para entrar tanto como turista, estudante, intercambistas de cursos de inglês ou para negócios. Todo processo pode ser requerido via internet e o tempo de permanência para turistas é de até 1 ano.
Por Roberta Clarissa – Enviado  para  o “Participe!
 Curta o aventure-se.com no Facebook | Siga no Twitter
Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em Informação, viagens e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A imensidão da Austrália, que roteiro seguir?

  1. Maria Aparecida Cardoso disse:

    Adorei a beleza da Austrália, principalmente a tranquilidade e segurança, Ver cangurus e koalas é apaixonante. Suas praias são lindas, Gold Coast é maravilhosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s