Nova Zelândia, duas ilhas inteiras para você explorar

Ajuste o relógio, dá até para se imaginar no futuro se você levar em consideração que são 15 horas a mais de diferença entre os fusos do Brasil e da Nova Zelândia. O país é uma escolha que oferece ao turista a possibilidade de sair um pouco do convencional e tem sido o endereço escolhido por intercambistas que optam em fazer um curso de inglês em um lugar com respeitado desempenho acadêmico somado a atividades esportivas e descobertas inusitadas.

parque na nova zelandia

Por que a Nova Zelândia atrai tantos visitantes?

O distante país tem uma reputação bem positiva sobre a qualidade de vida e é um país conhecido por acolher os visitantes. Se você já visitou a Austrália, coloque mais 2 mil quilômetros de distância até chegar a Nova Zelândia.
Faz sentido para você? Então descubra mais um pouco deste país que merece pelo menos uns 8 dias de visita, depois do longo voo até alcançar suas terras compostas por duas grandes ilhas, a Ilha do Norte e a Ilha do Sul. O voo chega até 20 horas de duração, mas o cansaço vai ser rapidamente esquecido com as inúmeras atrações que você vai encontrar.

Ilha do Norte e Ilha do Sul

A menor distância entre as duas ilhas é de 22 quilômetros, esse espaço é chamado de Estreito de Cook, a travessia é feita de ferryboat e, de acordo com o tempo, pode durar de 2 a 3 horas. Em dias bastante claros é até possível avistar de longe uma ilha da outra, uma bela vista para contemplar. Em ambas as ilhas a cultura maori, do povo nativo, foi mantida e conviveu mesmo com a chegada dos colonizadores, aliás a terra dos maoris foi  um dos últimos lugares da Terra  colonizado pelos europeus.

A terra da aventura, vai experimentar?

O extenso litoral já nos dá pistas de que as praias e o surf são atrações bem corriqueiras por lá, aliás se você curte esportes radicais você está no cenário certo. O Bungee jump foi inventado por um neozelandês e é praticado diariamente por locais e turistas. Parece que o espírito aventureiro é bem ligado à cultura neozelandeza, lembra de Edmund Hillary? Foi um dos primeiros homens a escalar o Mont Everest, e claro, nasceu na Nova Zelândia.
Mas o interior das terras da Nova Zelândia também é um convite para descobrir a riqueza grandiosa. Vulcões, gêiseres, lagos, formações rochosas e geológicas vão certamente chamar a sua atenção. Você pode chegar até essas atrações através de trilhas em matas fechadas,  descida de corredeiras ou você pode escalar montanhas glaciais, na Ilha do Sul há uma cordilheira chamada Alpes do Sul, são 450 km de extensão.
 A exuberante natureza será o pano de fundo de suas atividades ao ar livre. Mais um detalhe, caso você seja fã da Trilogia Senhor dos Anéis, foi lá o set de filmagem, então prepare os cliques.

Auckland – uma das cidades mais visitadas

A cidade mais populosa e uma das mais vistadas é Auckland na Ilha do Norte, a cidade das velas tem tradição de passeios em barcos à vela e é uma paixão dos kiwis, nome como os nativos são chamados, referência a um pássaro típico da região. Mais de 30% da população está em Auckland, apesar da capital ser  Wellington.
Imagine que Auckland está sob Volcanic Field, um área com 50 vulcões, ainda bem que inativos, muitos deles resultam nas formações de pequenas ilhas, cones, lagos e  lagoas. Se você quiser observar a beleza da cidade mais populosa e que também é o centro econômico do país, uma dica é ver de cima, visite o  mirante da Sky Tower, são 328 metros de altura e é cartão-postal da cidade. Prince’s Wharf é o endereço para curtir bares, restaurantes e sentir a atmosfera energética da cidade, é uma área à beira-mar.
Faça um passeio até as ilhas  do Golfo de Hauraki, são elas: Rangitoto, Great Barrier (o lugar ideal para o surf) e Waiheke (atrativa por suas vinícolas).
A capital Wellington fica na Ilha do Norte e está localizada ao lado de um porto natural, na cidade há o museu da cultura maori o Te Papa(Nosso Lugar).
A cidade de Christchurch é uma das prediletas dos estudantes de língua inglesa, é da Cathedral Square que o bonde passeia pelos pontos mais atrativos da cidade.
Um SPA no meio da areia
Quer provar um relaxante spa? Então pegue a tabela das marés e cave a areia! A praia na Ilha do Norte chamada Hot Water Beach fica na área de Coromandel, quando a maré está baixa é possível cavar até a água quente e borbulhante jorrar e formar pequenas piscinas. Os visitantes levam pás e participam da experiência bem inusitada.
É impossível descrever as várias atrações da Nova Zelândia com poucas palavras, o melhor é escolher o roteiro, organizar o passaporte, seguro viagem internacional, passagens e começar a planejar uma visita a este incrível país!
Por Roberta Clarissa – Enviado  para  o “Participe!
Roberta escreve regularmente para os sites Seguro Auto e Seguro Viagem
 Curta o aventure-se.com no Facebook | Siga no Twitter
Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em viagens e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Nova Zelândia, duas ilhas inteiras para você explorar

  1. Pingback: O destino ideal para cada signo em 2016 | aventure-se.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s