Cabo Polônio, Uruguai

Cabo Polônio é um parque nacional com uma beleza ímpar que mais parece um tipo de deserto tropical. Sem eletricidade, sem água corrente, sem infra-estrutura alguma e nem muito menos qualquer tipo de asfalto, o show da natureza é o que rouba a cena. Obviamente, o contato prévio para qualquer reserva de hospedagem é praticamente impossível, então eu, como a maioria dos mochileiros, chegamos lá no primeiro horário, por volta das 7 da manhã, em busca de um canto para passar as próximas noites que se tornaram inesquecíveis entre uma infinitude de estrelas, vinho pra esquentar as rodas de cantigas em torno de fogueiras, pessoas impressionantes e uma energia única.
Como todo lugar de difícil acesso, as condições de estadia são bem precárias e custosas então é bom estar com a cabeça bem disposta pra um nível gostoso de perrengue. Eu dormi em um casebre-zinho [a redundância no diminutivo é fundamental] feito de tacos de madeira com algumas mantas pelo chão para que a areia e o vento não entrassem muito, em 12 pessoas onde o primeiro que levantasse teria que pisar em mochilas até a saída do hostel, que não ficava a mais que uns 3 metros de distância de qualquer cama. Banho de balde, para os fortes que aguentassem porque o frio a noite é de bater o queixo e dale empanadas e latas de atum pra tranquilizar o bolso.
parque cabo polonio
Em Cabo Polônio é proibido acampar, pro azar do nosso orçamento e pra sorte da mãe natureza. Também não há eletricidade além do farol grandioso que leva exatamente 12 segundos pra fazer uma volta completa. Para os loucos por fotografia como nós aqui, a falta de energia pode ser um problema na hora de carregar a bateria da câmera, então tentem ser econômicos pra não acabar sem bateria como eu fiquei! 
Como diria meu amado Jorge Drexler: “no es la luz lo que importa en verdad, son los 12 segundos de oscuridad.”
Cabo Polônio, Uruguai
Por Patricia Schussel – Confira outras fotos do projeto que apoiamos: World Sweet Home
Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em viagens e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Cabo Polônio, Uruguai

  1. Parece ser um lugar muito bacana de se visitar, apesar de todos desses perrengues serem uma realidade. Deve valer muito a pena conhecer. Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s